sexta-feira, 23 de junho de 2017

Suspeitos explodem caixa eletrônico do Hospital de Trauma de João Pessoa

O caixa eletrônico do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa foi explodido no fim da madrugada desta sexta-feira (23). A Polícia Militar, que tem posto fixo no hospital, informou que os suspeitos realizaram três explosões mas não conseguiram alcançar o cofre do caixa.
O caso ocorreu depois das 4h desta manhã. Houve perseguição policial mas os suspeitos abandonaram o carro em um local próximo ao hospital. A polícia informou que após abandonar o primeiro carro, eles fugiram em outro carro.
Rondas continuam sendo realizadas mas os suspeitos ainda não foram identificados e ninguém tinha sido preso até às 6h25 desta sexta.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Mal foi cotado para Ministério de Temer, André Amaral já indica tio para importante cargo federal

Cotado para assumir o Ministério da Cultura no Governo Temer, o jovem paraibano André Amaral, do PMDB, nem assumiu o posto e já colocou suas cartas na mesa.
Quer emplacar o ex-prefeito do município de Conde, Aluísio Vinagre Régis, também do PMDB, para comandar a gerência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em João Pessoa.
Engana-se quem pensa que essa é uma articulação política.
Seguindo o ditado popular que diz – “Mateus, primeiros os teus”, que significa que primeiro os contemplados têm que ser os de casa, Amaral, com o gesto, contempla o irmão de seu pai, o tio, que foi derrotado para a prefeita Márcia Lucena, do PSB, nas eleições de 2016  no Conde e, desde então, está sem mandato, sem prestígio e sem poder
Aluísio Vinagre Régis é conhecido como o velho e temido “coronel” do Conde. Lá foi prefeito por dois mandatos. É também lembrado como o homem do cipó de boi, quando usou o objeto para bater em um adversário em praça pública.
Já André Augusto Castro do Amaral Filho é estudante de Direito e obteve nas últimas eleições 6.552 votos, o que representa tão somente o percentual de 0,34% do eleitorado paraibano.
O deputado, que está sendo criticado pela baixa bagagem cultural em sua vida acadêmica, chegou a ser secretário executivo da juventude nacional do PMDB e, ainda, não traz em seu currículo grandes feitos, nem para si nem para a coletividade.
Colocar o tio em um cargo federal de destaque parece que vai ser o primeiro feito de sua carreira como deputado federal.
O jovem peemedebista foi eleitor de Cássio Cunha Lima, é admirador de Manoel Júnior, de quem herdou a vaga na Câmara, e se mostrava, antes de assumir o mandato, um fã de Eduardo Cunha. As fotos do ex-presidente da Câmara ainda estão expostas em suas redes sociais, comprovando a admiração ao correligionário, que hoje está atrás das grades.blogger da j.a com blogger no ninja

Passageiro de táxi é preso pela PRF com cocaína, maconha e LSD


Um jovem de 24 anos de idade foi preso na noite de hoje pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com cocaína, maconha e  LSD. Ele era passageiro de um táxi que vinha de Natal (RN), e tinha como destino final a cidade de João Pessoa (PB). A abordagem ao veículo aconteceu na BR 101, em Mamanguape, Zona da Mata Norte do estado.
 
Os agentes da PRF abordaram o táxi, com placas de Santa Rita (PB), no quilômetro 38 da rodovia federal. Durante a revista foram encontrados, na bolsa de um dos passageiros, seis tabletes de cocaína, totalizando 2,6 quilos; uma trouxa com 80 gramas de maconha e cinco cartelas com 125 “pontos” de ácido lisérgico (LSD), que é uma droga sintética com alto poder alucinógeno. Os policiais encontraram também três aparelhos celulares, um relógio e a quantia de R$ 676 reais em espécie. O suspeito, que é trabalhador autônomo e nasceu no Ceará, disse aos PRFs que adquiriu as drogas em Fortaleza (CE). De lá, embarcou em um ônibus até a cidade de Natal, onde pegou o táxi para chegar até João Pessoa.
 
O flagrante foi registrado na Delegacia Distrital da Polícia Civil da região. Caso seja condenada pelo crime de tráfico de drogas, ele poderá pegar uma pena que varia entre cinco e quinze anos de reclusão.

Planalto mapeia cargos de PSDB e PSD e mira senadores que votaram contra reforma trabalhista


Lei do retorno A demissão de dois apadrinhados do senador Hélio José (PMDB-DF) foi apenas o primeiro tiro de advertência lançado pelo governo para sua base, após derrota da reforma trabalhista em comissão do Senado. Nesta quarta (21), o Planalto começou a mapear outros cargos ocupados por indicados do peemedebista e também pelo PSDB e PSD, num aviso de que os votos contrários às novas regras dados por Eduardo Amorim (PSDB-SE) e Otto Alencar (PSD-BA) também serão retaliados.
Vai custar caro O governo está disposto a fazer das represálias à derrota da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais um caso exemplar. Avisa que novos cortes podem ser feitos a depender do comportamento da base na Comissão de Constituição e Justiça e no plenário.
Toma lá, dá cá Deputados que votaram e fizeram campanha para aprovar a reforma na Câmara foram ao gabinete do ministro Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) cobrar “pulso firme” do Planalto em relação aos traidores do Senado.
Até logo Os ataques de Hélio José (PMDB-DF) ao governo depois da demissão de seus afilhados irritaram o Planalto. Houve quem defendesse sua expulsão do PMDB. A direção da sigla não quer, ainda, entrar nessa discussão.
Vem todo mundo O PMDB monitora o comportamento do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO). Contrário à reforma, ele tem articulado o que chama de “manifesto suprapartidário dos parlamentes nem-nem”: nem Michel Temer, nem Lula.
Faroeste caboclo Aliados do presidente Michel Temer defendem que ele anuncie o substituto de Rodrigo Janot na PGR assim que receber o resultado da eleição interna, dia 27 de junho. Acham que o movimento pode desviar as atenções e enfraquecer o atual procurador-geral.
Vira o jogo Em busca de uma agenda positiva, o Planalto anuncia nesta quinta (22) o empresário Jorge Gerdau e a ex-ministra de Indústria Dorothea Werneck como membros do Conselho Nacional para a Desburocratização — Brasil Eficiente.
Time Eliseu Padilha (Casa Civil) coordena os trabalhos do conselho. Juliana Nolasco, gerente de relações governamentais do Google, também estará no colegiado.
Na ponta do lápis A Petrobras levantou o histórico de sua negociação com a JBS para o fornecimento de gás a uma empresa do grupo. Joesley Batista disse que pagou a Rodrigo Rocha Loures para que o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) pressionasse a estatal.
Bem que se quis No levantamento, a Petrobras diz que a demanda de Joesley foi rejeitada por estar abaixo de sua política de preços e que fez um contrato de curto prazo com o grupo do empresário — a um custo bem maior do que ele havia solicitado.
Estica e puxa Dirigentes de partidos querem ampliar para R$ 4 bilhões o valor do fundo a ser criado para o financiamento de campanhas em 2018. O valor discutido hoje é de R$ 3,5 bilhões.
Fatiada A negociação que avança no Congresso prevê, além da nova fonte de recursos, fim das coligações proporcionais a partir de 2020 e a aplicação gradual da cláusula de barreira, de 2018 a 2026.

Sem claque A comitiva de Michel Temer se assustou ao chegar ao hotel em Moscou e se deparar com uma legião de jovens em frente ao prédio. Mas o peemedebista não era o foco das atenções. O grupo aguardava Cristiano Ronaldo, que tinha jogo e se hospedou no local.
Visita à Folha Laurent Bili, embaixador da França no Brasil, visitou a Folha nesta quarta-feira (21). Estava acompanhado de Brieuc Pont, cônsul-geral da França em São Paulo, e Elaine Caetano, adida de imprensa.

.

Lei de Diretrizes Orçamentárias é aprovada na Câmara de Conde validando harmonia entre os poderes


A Câmara Municipal de Conde aprovou durante a última sessão realizada antes do recesso a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
Para o próximo ano, a LDO estima receitas e despesas no montante de R$ 80 milhões.
De acordo com o secretário de Planejamento municipal, Flávio Tavares, essa sintonia entre poder executivo e legislativo é muito importante para que a cidade continue no caminho do crescimento, com organização e planejamento na utilização dos recursos públicos.
“Nós tínhamos que aprovar a LDO antes do recesso parlamentar, então antecipadamente realizamos uma reunião com todos os secretários e vereadores, onde foi onde foi feita uma explanação dos detalhes da peça orçamentária, as dúvidas foram tiradas, porque apesar de ser coordenada pela secretaria de Planejamento, a LDO tem a participação das diversas secretarias municipais e através dessa sintonia com o legislativo nós conseguimos aprovar dentro do prazo” destacou.
Para a prefeita Márcia Lucena, o ponto chave da aprovação da LDO foi a organização.
“Mais uma vez a Câmara de Conde mostrou que independente de ideologia ou lado que ocupa, os vereadores estão a serviço do povo de Conde. É muito importante essa organização da gestão e a compreensão, acolhimento e inovações realizadas aqui na Câmara” destacou Márcia.
O presidente da Câmara, Naldocell, também destacou a importância da aprovação da peça orçamentaria.
“O clima estre os poderes deve ser harmônico para que o município avance cada dia mais. Desta forma, com a provação da LDO que irá direcionar a aplicação dos recursos da nossa cidade subimos mais um degrau e a população só tem a ganhar” pontuou.
Ainda de acordo com o secretário Flávio Tavares, além da LDO, a atual gestão já confeccionou a Lei Orçamentária Anual (LOA), que nada mais é do que a peça que irá detalhar onde será investido cada recurso aprovado na LDO.
“Apenas no primeiro ano de mandato, a gestão da prefeita Márcia Lucena já confeccionou também o PPA, que é o instrumento que se destina a organizar r viabilizar a ação pública, então a partir no ano que vem as LDO’s e LOA’s serão confeccionadas baseadas no nosso próprio PPA” acrescentou.
 
A Câmara Municipal de Conde aprovou durante a última sessão realizada antes do recesso a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
Para o próximo ano, a LDO estima receitas e despesas no montante de R$ 80 milhões.
De acordo com o secretário de Planejamento municipal, Flávio Tavares, essa sintonia entre poder executivo e legislativo é muito importante para que a cidade continue no caminho do crescimento, com organização e planejamento na utilização dos recursos públicos.
“Nós tínhamos que aprovar a LDO antes do recesso parlamentar, então antecipadamente realizamos uma reunião com todos os secretários e vereadores, onde foi onde foi feita uma explanação dos detalhes da peça orçamentária, as dúvidas foram tiradas, porque apesar de ser coordenada pela secretaria de Planejamento, a LDO tem a participação das diversas secretarias municipais e através dessa sintonia com o legislativo nós conseguimos aprovar dentro do prazo” destacou.
Para a prefeita Márcia Lucena, o ponto chave da aprovação da LDO foi a organização.
“Mais uma vez a Câmara de Conde mostrou que independente de ideologia ou lado que ocupa, os vereadores estão a serviço do povo de Conde. É muito importante essa organização da gestão e a compreensão, acolhimento e inovações realizadas aqui na Câmara” destacou Márcia.
O presidente da Câmara, Naldocell, também destacou a importância da aprovação da peça orçamentaria.
“O clima estre os poderes deve ser harmônico para que o município avance cada dia mais. Desta forma, com a provação da LDO que irá direcionar a aplicação dos recursos da nossa cidade subimos mais um degrau e a população só tem a ganhar” pontuou.
Ainda de acordo com o secretário Flávio Tavares, além da LDO, a atual gestão já confeccionou a Lei Orçamentária Anual (LOA), que nada mais é do que a peça que irá detalhar onde será investido cada recurso aprovado na LDO.
“Apenas no primeiro ano de mandato, a gestão da prefeita Márcia Lucena já confeccionou também o PPA, que é o instrumento que se destina a organizar r viabilizar a ação pública, então a partir no ano que vem as LDO’s e LOA’s serão confeccionadas baseadas no nosso próprio PPA” acrescentou.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

STF adia decisão sobre prisão de Aécio; irmã passa para prisão domiciliar




O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu adiar, para data ainda indefinida, as decisões sobre um novo pedido de prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e sobre pedido da defesa para que ele seja autorizado a retomar as atividades parlamentares.
As duas questões estavam na pauta desta terça-feira (20) da Primeira Turma da Corte, formada por cinco ministros, mas o relator do caso, Marco Aurélio Mello, disse que ainda vai decidir individualmente sobre um novo pedido de Aécio para levar o processo para o plenário do STF, formado por 11 ministros.
 
Só depois disso o ministro vai levar o pedido de prisão e o de retorno às funções de senador para decisão colegiada, na Primeira Turma ou no plenário do STF.
 
Antes de adiar a definição sobre Aécio, os ministros decidiram, por 3 votos a 2, converter em prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica a prisão preventiva da irmã e do primo senador, Andrea Neves e Frederico Pacheco, e de Mendherson Souza Lima, ex-assessor do senador Zeze Perrella.
 
Aécio Neves foi afastado das funções parlamentares no dia 18 de maio por determinação do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF. O caso foi posteriormente passado a Marco Aurélio por não ter relação com desvios na Petrobras.
 
Nesta terça, horas antes de seu novo pedido de prisão ser analisado pela Primeira Turma, a defesa do senador pediu novamente que o caso fosse levado ao plenário. Marco Aurélio Mello já havia rejeitado o mesmo pedido na semana passada, mas nesta terça resolveu examinar novamente a questão.
Segundo os defensores do senador, a prisão preventiva de um parlamentar é inédita na Suprema Corte e deve ser deliberada pelos 11 magistrados do tribunal.
 
Uma eventual prisão de Aécio, se aprovada pelo STF, ainda dependerá do aval de ao menos 41 dos 81 senadores.
 
O tucano é acusado de corrupção passiva e obstrução da Justiça. Segundo as investigações, ele teria pedido e recebido R$ 2 milhões da JBS e atuado no Senado e junto ao Executivo para embaraçar as investigações da Lava Jato.
 
Na sessão desta terça, os ministros analisariam um novo pedido de prisão apresentado por Janot neste mês, num recurso contra uma decisão de Fachin, em maio, que havia negado a prisão de Aécio.
 
Para o procurador-geral da República, o afastamento de Aécio do Parlamento não foi suficiente para aplacar o risco de novos delitos e de prejuízo às investigações.
 
Como prova, ele anexou uma foto postada pelo senador no Facebook, no dia 30 de maio, na qual aparece em conversas com os também senadores do PSDB Tasso Jereissati (CE), Antonio Anastasia (MG), José Serra (SP) e Cássio Cunha Lima (PB).
 
Em sua defesa, Aécio alega que foi alvo de uma “armação” do dono da JBS Joesley Batista, que o gravou pedindo os R$ 2 milhões para ajudá-lo a pagar advogado. O senador nega qualquer contrapartida ao empresário e diz que sua atuação no Legislativo é legítima – o senador foi gravado apoiando, por exemplo, anistia ao caixa 2.
 
Para se contrapor ao pedido de prisão, o senador alega que tem cumprido “integralmente” a decisão de Fachin e se mantém afastado das atividades parlamentares.
 
G1

RC garante que não deve e rebate bloqueio de contas do Pbprev: ‘estão tirando dinheiro do povo’

Nesta terça-feira (20), o governador Ricardo Coutinho (PSB) avaliou a decisão do juiz Gutemberg Cardoso Pereira, de João Pessoa, bloqueando R$ 5 milhões das contas bancárias de duas autarquias do Estado visando pagamento de direitos e vantagens de servidores do Iass - antigo Ipep - e do PBPrev.

“Acho um absurdo quem fica sentado numa cadeirinha querendo que uma instituição que já recebeu receba de novo. Estão sequestrando dinheiro público para pagar algo que já foi pago tirando verba da segurança, saúde, educação. Esse dinheiro não cai do céu”, disse.

Em entrevista concedida ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, o socialista afirmou que está provando na Justiça que os direitos desses funcionários já foram pagos e, por isso, não faz sentido o processo continuar. Para Coutinho, fazer esse tipo de bloqueio é desnecessário em tempos de crise porque o Estado não tem a capacidade de remanejar verbas.

“Por mais respeito que eu tenha pela Justiça, e eu tenho um respeito enorme, mas eu tenho que defender o povo. O suposto direito de uma corporação não pode estar acima do povo. Mesmo que eu estivesse devendo, esse dinheiro não pode sair dos cofres, de onde eu vou tirar, dos duodécimos?”, questionou.

Polícia captura suspeitos de assalto a mercadinho e recupera mais de R$ 850 roubados

A Polícia Militar prendeu dois elementos em flagrante por roubo a estabelecimento comercial na cidade de Rio Tinto, região metropolitana de João Pessoa.
Segundo informações dos policiais do 2ª CIPM, a Polícia Militar foi chamada para solucionar a ocorrência de um roubo a supermercado em Rio Tinto. No caminho, a equipe policial localizou os elementos suspeitos, deu ordem de parada e, ao ser ignorada, a equipe deu início a uma perseguição.
Os suspeitos caíram da moto onde tentavam fugir e com eles foi encontrado arma do crime, celulares, roupas e uma quantia em dinheiro. Tudo foi recuperado.
Rafael Oliveira dos Santos, de 24 anos e o ex-presidiário John Herbert de Carvalho Rodrigues, de 28, tinham mandados de prisão em aberto e eram acusados de diversos crimes na região.

Juiz rejeita ação de Michel Temer contra Joesley Batista por calúnia e difamação

O juiz federal Marcos Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal em Brasília, rejeitou ação protocolada ontem (19) pela defesa do presidente Michel Temer contra o empresário Joesley Batista, dono da JBS. Na ação, Temer pedia que o empresário fosse condenado pelos crimes de calúnia, difamação e injúria. A ação foi movida após entrevista do empresário à revista Época, publicada no último fim de semana, em que o Joesley diz que Temer é “o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”.
Ao analisar o processo, o juiz entendeu que o empresário não cometeu os crimes ao citar o presidente na entrevista. No entendimento do magistrado, Joesley relatou os fatos no contexto de seus depoimentos de delação premiada.
“Não diviso o cometimento do crime de injúria, tendo o querelante feito asserções que, em seu sentir, justificam o comportamento que adotou [refiro-me aos fatos que indicou no acordo de colaboração premiada]. Na malsinada entrevista, narrou fatos e forneceu o entendimento que tem sobre eles, ação que se mantém nos limites de seu direito constitucional de liberdade de expressão”, disse o juiz.
Segundo a defesa de Temer, a entrevista foi “desrespeitosa e leviana”, além de ofensiva. Para os advogados, as declarações de Joesley levam a sociedade a questionar a honradez de Temer.
“Na verdade, todos sabem o real objetivo do querelado [Joesley] em mentir e acusar o querelante [Temer], atual presidente da República: obter perdão dos inúmeros crimes que cometeu, por meio de um generoso acordo de delação premiada que o mantenha livre de qualquer acusação, vivendo fora do país com um substancial (e suspeito) patrimônio”, diz trecho da petição inicial do processo.
Agência Brasil

Dois são detidos suspeitos de matar vendedor no Parque do Povo em Campina

Foi preso, na tarde desta terça-feira (20), em Bayeux, na Grande João Pessoa, um dos suspeitos de participação na morte do vendedor Davson Barbosa, assassinado no domingo (18) com uma facada no pescoço na área dos banheiros do Parque do Povo, em Campina Grande. Além do preso, um adolescente foi apreendido também suspeito de participação no crime. Comente no fim da matéria.De acordo com o Núcleo de Homicídios da Polícia Civil em Bayeux, os suspeitos foram reconhecidos pelos policiais civis em Bayeux após divulgação das imagens pela Polícia Civil em Campina Grande.

“Nós reconhecemos o maior de idade e, através dele, chegamos ao adolescente. Os dois são moradores de Bayeux. Trouxemos eles para o Núcleo de Homicídios, onde eles foram ouvidos e negaram participação no homicídio”, informou um dos agentes do Núcleo de Homicídios de Bayeux.

Ainda segundo o agente, uma equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande levou os dois suspeitos para Campina, onde eles devem prestar novo depoimento e aguardar o prosseguimento das investigações.

Personal trainer é preso em JP suspeito de fazer 'cultivo profissional' de droga;

Um personal trainer de 30 anos foi preso na tarde desta terça-feira (20), no bairro dos Bancários, na Zona Sul de João Pessoa, após ser flagrado cultivando 24 pés de maconha na casa em que reside, além de ter uma série de aparatos tecnológicos que levaram a Polícia Militar a considerar o cultura da erva como ‘profissional’. Segundo o capitão Juliemerson, do 5º Batalhão da PM, que realizou a prisão, uma denúncia anônima levou a polícia até a casa do suspeito.

“Encontramos um cultivo bem técnico, com estufa, controle de temperatura, equipamento para saber o nível de acidez, adubos e fertilizantes orgânicos e lâmpada fluorescente que era usada para aquecimento dentro da estufa. Todo esse trabalho serve para que as plantas fiquem mais saudáveis e tenham um nível de THC mais elevado”, contou o capitão, referindo-se à principal substância psicoativa encontrada na maconha.

O personal trainer alegou aos policiais que a droga seria para consumo próprio. Ele foi encaminhado, junto a todo o material apreendido na casa, à Central de Polícia Civil de João Pessoa, no bairro do Geisel, também na Zona Sul. Ele foi autuado por posse de drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar. Após prestar depoimento na companhia de um advogado, foi liberado e responderá ao processo em liberdade.

terça-feira, 20 de junho de 2017

SUPERSALÁRIO: saiba quem é o prefeito que recebe a maior remuneração entre os 223 gestores paraibanos

Engana-se quem pensa que o prefeito que recebe a maior remuneração da Paraíba é Luciano Cartaxo, gestor da Capital.
De acordo com informações repassadas através da Lei de Acesso a Informação, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), o prefeito que tem o maior salário é Renato Mendes (DEM), que comanda a cidade de Alhandra, pequeno município do Litoral Sul da Paraíba, que teve inclusive as contas de 2012 rejeitadas pelo TCE por não apresentar comprovantes de despesas e pelo descontrole nos gastos.
Segundo os dados do TCE, o prefeito, que é sobrinho do deputado Branco Mendes, recebe R$ 26 mil mensais, o que corresponde a quase 28 salários mínimos.
Ao ser interpelado sobre o valor, o presidente do TCE, André Carlo Torres, informou que por mais que receba o maior salário, a remuneração do prefeito não seria ilegal, já que está dentro do teto do funcionalismo público.
Mesmo a remuneração sendo considerada legal, o Blog do Ninja considera imoral que o gestor de uma cidade com cerca de 19 mil habitantes possa receber tão alto salário, superando o gestor da Capital e de grandes cidades como por exemplo Campina Grande. FONTE BLOG DO NINJA

Prefeitura de Conde antecipa parcela do décimo terceiro e faz entrega de motocicletas do Empreender

A Prefeitura de Conde antecipa parcela de 30% do décimo terceiro e faz o pagamento nesta quarta-feira (21) a funcionárias e funcionários efetivos. Aposentados e pensionistas terão o benefício creditado hoje. A decisão foi anunciada na manhã desta terça-feira (20) pela prefeita Márcia Lucena, que informou também sobre a entrega de oito motos aos contemplados do município pelo programa Empreender do Governo do Estado. A entrega das motos, além de 33 contratos, acontece durante audiência do Orçamento Democrático a partir das 19 horas na sede da associação do assentamento Dona Antônia.
            Sobre a antecipação do décimo terceiro, Márcia disse que “a equipe econômica e a Secretaria de Administração trabalharam arduamente para garantir este benefício ao funcionalismo, que também atende ao interesse do comércio e da indústria condenses neste período de festejos juninos”.
A professora Márcia comentou que “é preciso buscar todos os meios ao alcance da gestão para combater permanentemente os efeitos da crise econômica no município”. A professora argumentou que “a garantia do pagamento em dia do funcionalismo, e a antecipação de parcela do décimo terceiro, são meios com os quais podemos trabalhar a partir de um equilíbrio financeiro que praticamos em meio à escassez de recursos”.
A prefeita de Conde disse que outro momento significativo para a estruturação da economia local é a participação da população no programa Empreender do Governo do Estado em parceria com o município: “Hoje, vamos entregar oito motos e 33 contratos a pessoas acolhidas pelo Empreender, e isso significa mais um avanço em nossa busca de gerar oportunidades de emprego e renda”, afirmou a professora, explicando que “a gestão tem foco na promoção da inclusão positiva e a equipe está planejando a ampliação dos espaços para estimular a diversas áreas, como a agricultura e a pesca”.

Secretaria de Turismo de Conde e SEBRAE abrem inscrições para oficinas voltadas ao Microempreendedor Individual


A Secretaria de Turismo de Conde em parceria com o Serviço de apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), estão com inscrições abertas para três oficinas do SEBRAE Microempreendedor Individual (SEI), voltada para os microempreendedores individuais. Os interessados devem fazer sua inscrição na sede da Setur, localizada na Rua Ilza Ribeiro, Nº 203, Sala 203, Jacumã, no período de 21/06 a 07 de julho de 2017, das 07h às 13h.
O SEBRAE Microempreendedor Individual (SEI), é um programa que oferece aos participantes, as soluções voltadas para temas básicos relacionados à gestão e fortalecimento dos negócios dos novos empreendedores. No programa, são discutidos os principais pontos para a gestão de um negócio eficiente e lucrativo para o Microempreendedor.
Estão sendo oferecidas três oficinas nas categorias “SEI Comprar”, “SEI Controlar meu Dinheiro” e “SEI Vender”. Cada curso está com 20 vagas disponíveis e serão ministrados nos horários da tarde (14h às 18h) e a noite (18h às 22h). A taxa de inscrição para os três cursos custa R$ 30,00.
O Secretário de Turismo, Aristóteles Souto Maior destacou a importância da participação dos microempreendedores nas oficinas. “As oficinas ministradas pelo SEBRAE, serão de capacitação para todo o trade turístico, não apenas a rede hoteleira, aqueles que trabalham com o turismo de forma informal, os vendedores de artesanato, de comidas regionais e os prestadores de serviços turísticos”, afirmou.
Os cursos serão realizados nos dias 11, 12 e 13 de julho de 2017, na Sede da Secretaria de Turismo.
Oficinas:
SEI Comprar: Para quem quer comprar, adquirir o que necessita com qualidade, preços e prazos de pagamento favoráveis as necessidade de seus clientes e aumentar a lucratividade, mantendo uma boa relação com os seus fornecedores.
SEI Controlar Meu Dinheiro: Orientações sobre finanças e como controlar o dinheiro da empresa e o fluxo de caixa. Diferenças entre o dinheiro do microempreendedor e o da empresa e orientação sobre como manter um controle diário de entradas e saída do negócio.
SEI Vender: Para o microempreendedor pensar em seu negócio, adaptar-se às necessidades do mercado, preparar os seus produtos e serviços para conquistar mais clientes e ampliar as possibilidades de crescimento e expansão.
 

Trabalhadores têm até o dia 30 para sacar o abono salarial de 2015; saiba como

Os trabalhadores com direito ao abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015 têm 15 dias para ir a uma agência bancária e sacarem o benefício. O prazo final é 30 de junho. O valor varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2015. Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa e servidores públicos, no Banco do Brasil. Basta apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.
O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, lembra que o prazo está ficando apertado. Ele aconselha os trabalhadores a não deixarem para a última hora para não correrem o risco de perder esse dinheiro. “O abono salarial é um direito que o trabalhador tem. Esse dinheiro é do trabalhador, portanto não perca o prazo”, recomenda.
Até 31 de maio, 1,83 milhão de trabalhadores ainda não tinham sacado o abono, o que corresponde a 7,56% do total de pessoas com direito ao benefício. O valor disponível para saque é R$ 1,28 bilhão.  O chefe da Divisão do Seguro-Desemprego e Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan Britto, explica que, depois de encerrado o período de saques, o dinheiro que não foi sacado voltará para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Ele será usado para o pagamento de benefícios como o Seguro-Desemprego e o abono salarial do próximo ano.
Quem tem direito
Tem direito ao abono salarial ano-base 2015 quem está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).
O valor do abono vai depender de quanto tempo a pessoa trabalhou com carteira assinada no ano base. Se ela trabalhou durante os 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$937). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 78) e assim sucessivamente.
Para saber se tem direito
O Ministério do Trabalho disponibiliza uma ferramenta de consulta para os trabalhadores saberem se têm direito ao abono salarial Ano-Base 2015. A Central de Atendimento Alô Trabalho do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep.
Como sacar
Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão Cidadão e senha cadastrada, pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa, ou a uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07 da Caixa.
Os servidores públicos que têm direito ao Pasep, precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.